A evolução do desenvolvimento web

O desenvolvimento web se deu com velocidade tão surpreendente, que temos hoje inúmeras gerações que viveram sua infância, adolescência ou mesmo fase adulta com pouca ou nenhuma presença dessa tecnologia em suas vidas. Se compararmos a importância e função da web na vida dos indivíduos hoje e na década de 90, isto é, há cerca de 30 anos atrás, nos deparamos com diferenças gigantescas.

O que há de comum na história do desenvolvimento web é a constante atualização e, consequentemente, necessidade de que as pessoas se adaptem à essa realidade. Isso é verdade, particularmente, no caso de empreendedores, pois o universo corporativo atualmente não pode deixar de ter presença profissional on-line.

Portanto, vamos trazer um pouco sobre o assunto para que você se familiarize com essa evolução!

O desenvolvimento web em 4 momentos

Web 1.0

Conhecida como internet básica, a web 1.0 surgiu nos anos 90 com o HTML (Hyper Text Markup Language). Essa linguagem permitia que as páginas da web fossem mais agradáveis, mas não oferecia nenhuma interação pelos usuários além da leitura. Nesse contexto, a utilização dos sites se limitava, principalmente, à publicação de informações corporativas.

Web 2.0

O desenvolvimento web para o momento 2.0 é marcado pela geração de comunidades de usuários, resultante da transição de aplicações tradicionais para aplicativos que funcionavam em toda a web.

Nesse contexto, surgem os blogs e wikis, promovendo a colaboração e troca de informações. Por um lado, essa evolução trouxe maior competitividade ao posicionamento das empresas no mercado e, por outro, a insegurança dos dados compartilhados.

Web 3.0

Esse momento do desenvolvimento web é marcado pelo surgimento das redes sociais, pesquisas em tempo real, estatísticas e notificações, isto é, muito do que faz parte da nossa experiência on-line recente.

Essa evolução se deu graças ao desenvolvimento dos algoritmos que analisam dados e são capazes de aprender e sugerir ações. A segurança dos dados continua sendo um problema, em contraposição à crescente facilidade de compartilhamento de informações e alterações em projetos.

Web 4.0

Em sincronia com o desenvolvimento web atual, temos um novo modelo de interação com o usuário, mais personalizado, possibilitando soluções completas e facilitadas por uma conexão em tempo real, reforçada pelo surgimento dos equipamentos mobile.

A evolução do desenvolvimento web e a criação de sites

A criação de sites sempre esteve conectada ao desenvolvimento web, modificando-se a partir das linguagens e estilização. Dentre as ferramentas para a estilização de sites, passamos pelos arquivos CSS, SASS, BEM, CSS Modules e Styled Components, aperfeiçoando cada vez mais a apresentação das páginas.

Especialidade dos programadores web, o desenvolvimento de websites também evolve o conhecimento de linguagens de programação, que criam códigos que definem o que fica visível ou não para as pessoas a partir dos servidores.

De maneira simplificada, a criação de sites envolve o registro de um domínio, a contratação de um serviço de hospedagem e a escolha de um construtor de sites. Esse é o caso de sites profissionais, que demandam a atuação de um profissional especializado.

Contudo, acompanha o desenvolvimento web as alternativas “faça você mesmo”, que permitem que leigos criem sites a partir de plataformas intuitivas e pré-moldadas. Apesar da gratuidade e facilidade de muitas dessas plataformas, elas apresentam limitações, como a ausência de um domínio próprio e de um website realmente personalizado.

A opção por um site mais ou menos profissional poderá interferir consideravelmente na experiência do usuário, principalmente na era dos smartphones. Portanto, cabe considerar os benefícios do investimento em um site profissional. Você pode entender mais sobre o assunto lendo também o artigo: Design responsivo e mobile first.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *