A importância das Buyer Personas

Atualmente o mercado é moldado de acordo com as necessidades dos clientes, atender diretamente as pessoas gera diferenciais que podem aumentar a venda dos produtos ou serviços oferecidos. Mas qual a melhor maneira de identificar a carência dos consumidores? Para isso usa-se a criação de Buyer Personas, essa técnica ajuda as empresas a se aproximarem do seu público-alvo, direcionando para uma comunicação mais efetiva.

O que são Buyer Personas?

Basicamente, Buyer Personas são personagens fictícios criados através de pesquisas e entrevistas realizadas com clientes reais, essa atividade busca traçar um perfil sobre a percepção dos consumidores finais.

Os questionários aplicados traçam o perfil dos consumidores através de perguntas sobre as suas reais necessidades, trajetos percorridos para achar soluções, e o que os levou a consumir um produto ou serviço de uma determinada empresa. Deve-se adquirir informações que vão além de dados pessoais básicos, como idade, sexo e classe social. Através dos resultados adquiridos fica mais fácil modelar os produtos ou serviços oferecidos pela sua empresa.

A Buyer Persona vai direcionar a sua estratégia de marketing criando uma interação com os conteúdos produzidos. Dessa maneira deve-se adaptar a linguagem de acordo com o meio usado como blogs, redes sociais, e-mail marketing, links, além dos tipos de formato, estilo, periodicidade, dentre outros.

Como criar?

A Buyer Persona é identificada através das respostas dos clientes aos questionários apresentados. Dessa forma o primeiro passo para criá-las é fazer perguntas. É necessário elaborar as questões certas para obter os dados adequados. Identifique uma linha de questionamento e faça as colocações na mesma sequência. Veja algumas dicas de como as perguntas podem ser feitas:

  •  Informações demográficas das pessoas – Ajudará a efetuar o marketing off-line e on-line e a formação de imagem da persona. Divida entre mulheres e homens, estado civil, renda familiar, endereço, idade, se têm filhos, dentre outras;
  • Objetivo de busca – O que o consumidor procura, quais os objetivos, quais os sonhos, o que faz sentir bem, o que valorizam, etc. Questões que buscam identificar como a sua empresa pode ajudar os clientes a suprir as suas necessidades;
  • Pontos fracos – Qual o tipo de dificuldade e o que impede de realizar os seus desejos. O que você pode oferecer para ajudar, o que impede a escolha por suas soluções, etc. Dessa forma fica mais fácil criar produtos que irão atender as reais necessidades;
  •  Fonte de informação – Quais os meios de comunicação o cliente busca ficar ciente das informações diárias: internet, redes sociais, jornal, revista, TV, rádio, e outros. Sabendo qual a fonte mais utilizada fica mais fácil direcionar a sua campanha de marketing;
  •  Decisão de compra – Quais os atributos eles usam para definir o que comprar, o que enxergam de diferencial, quais os critérios de avaliações, etc. Entenda o que faz o consumidor se sentir seguro para efetivar a compra.

Esses são alguns dos principais questionamentos que podem ser feitos. Algumas pesquisas devem se adaptar ao tipo de produto ou serviço oferecido e, principalmente, ao público-alvo. Não existe nada engessado, tudo vai depender da situação e interesse no seu negócio.

Definindo a Buyer Persona

Após as respostas obtidas, é hora de selecionar e definir o que vai ser relevante ou não para a sua marca. Analise os dados coletados e separe os elementos-chave para o processo de planejamento e melhoria das suas ações de marketing. Caso não seja definido nenhum padrão com base nas respostas, as perguntas devem ser refeitas de uma forma melhor.

Com os dados concluídos você já pode elaborar as definições da Buyer Persona. Crie perfis completos, de forma que todos os colaboradores entendam para que tipo de cliente estão trabalhando. Formule nomes e identifique detalhadamente todas as características do seu personagem. Qualquer empresa pode criar o seu, basta seguir os passos adequados para não se complicar durante o processo.

As Buyer Personas ajudam as empresas a entender as necessidades dos clientes e se prepararem para atendê-los. Essas foram algumas dicas de como fazer esse trabalho da melhor forma. Ficou com alguma dúvida? Deixe o seu comentário abaixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *