Vivendo na era dos Micro-momentos

O acesso à internet tornou-se cada dia mais comum. Um dos grandes facilitadores são os smartphones, que possibilitam navegar na rede a qualquer hora e em qualquer lugar.

Essa flexibilidade gerou um novo tipo de comércio, focado na rapidez de escolha, para aproveitar os pequenos tempos em que um usuário está on-line. A adaptação apresenta números representativos e tende a crescer bastante.

Os micro-momentos representam isso. Os consumidores estão cada dia mais exigentes e buscando soluções rápidas. As empresas devem estar preparadas para atender a essas necessidades com respostas relevantes, imediatas e adequadas. Muitas decisões de compra são tomadas por impulso, em determinados momentos que não são programados. Neste post falaremos sobre micro-momento.

Crescimento mobile

O uso da internet é maior que qualquer outra mídia, no Brasil. Segundo o Google, 94% das pessoas que tem smartphone buscam informações paralelamente às tarefas exercidas no dia a dia. Desse número, 80% usam os dispositivos para conhecer mais sobre um produto ou serviço que estão interessados em adquirir.

Existem vários dispositivos que nos permitem navegar na web: tablets, smartphones, laptops, relógios, TVs, desktops, dentre outros. Mesmo com toda essa versatilidade, o acesso por dispositivos móveis vem crescendo exponencialmente. Entre maio de 2014 e 2015, por dados coletados do Google Analytics, o smartphone apresentou um aumento de 112% no acesso à internet. A mesma análise também identificou que houve uma diminuição de 9% no tempo de uso das visitas, enquanto as taxas de conversão mobile cresceram 74%.

Características dos Micro-momentos

 São definidos quatro tipos de micro-momentos, descritos de acordo com as características mais relevantes.  Segundo o Google, eles se dividem em:

I want to know (Eu quero saber): Esse momento apresenta a busca de informação feita pelos clientes. O site apontou um crescimento de 65% nas pesquisas on-line em relação há alguns anos. Ele aponta também que 66% das pessoas pesquisam por algum produto, usando o smartphone, depois de verem um comercial na televisão sobre ele.

I want to go (Eu quero ir): Como o próprio nome diz, esse é um momento onde as pessoas querem descobrir como chegar ao local de interesse. As famosas buscas em mapas de rotas e endereços são feitas por cerca de 82% dos usuários de smartphone.

I want to do (Eu quero fazer): As pessoas buscam conhecimento para fazer as coisas com suas próprias mãos. Esse momento representa isso. Muitas empresas já se antecipam e disponibilizam vídeos ensinando como produzir algo em casa. O Youtube registra milhões de horas de visualizações em produções dessa finalidade.

I want to buy (Eu quero comprar):  Essas são consultas de clientes que já estão decididos a comprar algo. As buscas são específicas, já visando os preços praticados nos produtos. Esse tipo de compra registrou o aumento de 80% de usuários em relação a anos anteriores.

Buscando o cliente

Agora que você já conhece as 4 etapas de busca dos clientes, fica mais fácil identificar em qual deve atuar. O usuário, provavelmente, usará o seu dispositivo móvel em algum desses quatro momentos.

Utilize ferramentas para identificar quais as principais pesquisas feitas, no mesmo nicho que o seu. Fique atento ao mercado e as possibilidades que estão aumentando a cada dia.

Caminhar conforme essa evolução, provavelmente, aumentará os números de sua empresa.

Os micro-momentos são vividos por milhares de pessoas em nosso país. Ficou com alguma dúvida em relação a eles? Deixe o seu comentário abaixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *